Exemplo: CSS Dropdown menu sem JavaScript ou hacks
Visualizar Noticia

Goiânia prepara festa para final do Brasileiro de Motovelocidade

30/11/2010

(CBM, 30/11) - Após o grande sucesso na 4ª etapa, o Autódromo Internacional de Goiânia/GO volta a receber uma etapa do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade. Nos dias 4 e 5 de dezembro, a capital goiana será o palco da 6ª e última etapa da competição, pronta para ver grandes "pegas" dentro da pista. Durante a 4ª etapa foram cerca de 7 mil pessoas presentes no autódromo, e a previsão é novamente de um grande público. A prova será válida também pelo Campeonato Goiano da modalidade e também de Supermoto.

- A etapa anterior, no fim de outubro, foi muito elogiada. Os pilotos vieram me pedir para que o campeonato voltasse a ter uma etapa em Goiânia. Tivemos grande presença de público e também de pilotos, tanto nas categorias válidas pelo Brasileiro, quanto nas válidas pelo Goiano. Tenho certeza de que o sucesso se repetirá nesta final - declarou Roberto Boettcher, presidente da Federação de Motociclismo do Estado de Goiás.

Em uma temporada praticamente perfeita, o paulista Pierre Chofard já garantiu o título antecipado na categoria Superbike, mas a disputa pelo campeonato segue aberta na Superbike Light e na 600cc Sport. Com 143 pontos, Giovani Mocelin lidera a SBKL, com 47 pontos de vantagem sobre o segundo colocado, Anderson Fernando. Vinicius de Souza soma 93.


Eduardo Costa Neto foi o vencedor da categoria 600cc na etapa de Brasília - Foto de Divulgação CBM

Na 600cc Sport, a briga também está forte entre Thales Monteiro, que lidera com 108 pontos, e Eduardo Costa Neto, que tem 105. Vencedor da penúltima etapa, em Brasília/DF, e fora do pódio apenas em uma etapa, Eduardo chega motivado para a disputa em Goiânia.

- São três pontos de diferença que nos separam. Para que eu consiga passar o Thales na classificação do campeonato preciso de quatro pontos a mais, pois pelo critério de número de vitorias o empate da o titulo a ele. Uma vitória, como a que consegui na última etapa sempre é um gás a mais para ir para cima do titulo - ressaltou Eduardo Costa Neto. - Antes da etapa de Brasília eu só poderia acabar o campeonato como vice, mas agora já posso até enxergar o titulo como algo possível. Quero chegar em Goiânia mais afinado com a moto do que nunca. No que depender de nós, e falo pelo Thales, que é um grande amigo, Goiânia vai assistir a um grande espetáculo - completou.

Eduardo começou o ano utilizando uma Triumph 675 2009, e trocou para uma Kawasaki ZX6 2010 a partir da terceira etapa, em Curitiba.

- Agora, já no final do ano é que estou colhendo as vantagens da mudança. São maquinas muito diferentes de pilotar e acertar e tenho certeza que estou chegando perto do ideal. A variedade de circuitos esse ano acabou tornando um campeonato mais apimentado, afinal não se repetiram etapas e ninguém pode carregar acertos de uma para outra. Agora em Goiânia vamos andar pela segunda vez e com felicidade, afinal foi a etapa que teve mais público e agito. Que venha Goiânia - encerrou Costa Neto.

Os títulos das categorias 125cc e 250cc também já estão definidos, com Fabiano Vaz campeão na 125cc, e Marciano Santin na 250cc.

As inscrições antecipadas e com desconto para a última etapa do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade encerram-se nesta quarta-feira (1/12) e devem ser feitas pelo sistema da Confederação Brasileira de Motociclismo (www.cbm.esp.br/sistema).

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Adriano Winckler
IMPRENSA - CBM
imprensa@cbm.esp.br

Voltar