Fim de semana de chuva e grandes emoções na 2ª etapa da Copa HRT de Motovelocidade

24/05/2021

 

Competição teve mais de 40 motos no grid de largada, além do público, que de forma restrita pôde acompanhar as provas de perto

 

Fotos: Luciano Muta

 

Os pilotos da Copa HRT de Motovelocidade deram um show na pista do Autódromo Internacional Orlando Moura, em Campo Grande (MS), que teve sua programação finalizada neste domingo (23) com as corridas. Cerca de 40 competidores de diversas regiões do país integraram os grids de largada das categorias 1000cc Pró e Light, 600cc e 400cc, além dos alunos do Track Day, curso ministrado durante os três dias de evento. 

 

Os nomes que passaram primeiro pela quadriculada não foram muito diferentes dos que se destacaram durante os treinos classificatórios do sábado (22). Na 400cc, o piloto do Superbike Brasil Filipe Campos fez o melhor tempo em nove voltas com sua Kawasaki Ninja 400, seguido de Rafael Cabeça e Luciano Cavalete, ambos pilotando uma Yamaha YZF-R3. É a segunda vitória do cuiabano na categoria, que quebrou recordes na etapa passada.

 

Na 1000cc, uma das classes mais esperadas do dia, dois pódios foram formados. Pela Pró, o campo-grandense Fabricio Grolli chegou em primeiro junto a sua BMW S1000RR. “Estou apenas iniciando e adquirindo muita experiência com os pilotos que têm anos na pista. Com muito foco e determinação tudo é possível”, comemora o piloto que entrou pela terceira vez na pista em uma competição oficial. Ele dedicou o título ao seu pai, que o deixou há poucos dias.

 

Legenda: Campo-grandense Fabrício Grolli após chegada na área dos boxes.

 

Já na subclasse Light o melhor foi Tiago Ferzeli, também de Campo Grande. “Sábado tivemos problema com a chuva durante a classificatória, mas graças a Deus deu tudo certo e hoje conseguimos o primeiro lugar”, fala. “Comecei agora também. Subi recentemente de categoria e graças a Deus já subi no pódio”, completa o piloto.

 

Olhos atentos na pista

 

A segunda etapa da competição também marcou a volta do público ao circuito, que não recebia provas com espectadores há quase dois anos. “O melhor desta etapa com certeza foram as pessoas, são elas que abrilhantam o evento. Espero que a situação se normalize o quanto antes para podermos tocar a competição com o público todo de volta. Isso é muito importante para Campo Grande, movimenta a cidade” comenta Rodrigo Compagnoni, um dos organizadores.

 

Todas as exigências e recomendações sanitárias foram cumpridas durante os três dias de evento. Como forma de assegurar a saúde dos presentes e seguir os decretos vigentes, a entrada foi limitada a 500 pessoas, quantidade que representa uma parcela mínima da capacidade total do autódromo.

 

A terceira etapa da competição está prevista para acontecer nos dias 2, 3 e 4 de julho, também no Autódromo Internacional Orlando Moura, em Campo Grande (MS).

 

Resultados 2ª etapa Copa HRT de Motovelocidade

 

400cc (10 voltas)

1 - Filipe Campos #7 - 16:50.910

2 - Rafael Cabeça #999 - + 48.220

3 - Luciano Cavalete #117  - + 58.080

4 - Márcio Rios #111 - + 01:38.490

5 - Diogo Fernandes #555 - + 1 volta

 

600cc Pró (10 voltas)

1 - Darlan #26 - 14:47.850

2 - Magson Japinha #96 - + 20.240

3 - Chefinho #35 - + 21.140

4 - Lucio #101 - + 47.030

5 - Lindolfo #852 - + 01:34.890

 

600cc Light (10 voltas)

1 - Alexandre Ayaba #850 - 15:30.000

2 - Vinicius Lino #23 - + 6.540

3 - Eliano #43 - + 15.030

4 - Rodrigo Compagnoni #78 - + 41.440

5 - Adriano Araújo #17 - + 1 volta

 

1000cc Pró (12 voltas)

1 - Fabrício Grolli #285 - 21:16.680

2 - Victor Saldanha #11 - 19:41.570

3 - Murilo Tom #90 - 19:56.290

4 - Babinha # - 18:08.770

5 - Alison #44 - 20:02.730

 

1000cc Light (12 voltas)

1 - Tiago Helmet #87 - 20:48.830

2 - Clóvis #91 - 20:46.860

3 - Vagner Freitas #79 - 21:00.360

4 - Fabiano Sarita #46 - 21:05.430

5 - Ronaldo Severiano #18 - 19:59.460

 

Voltar